Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

quinta-feira, 15 de maio de 2008

E Tu Serias

Athanasius KIRCHER (1602-1680), Diagrama dos Nomes de Deus


Era preciso um pouco de mito
e a luz de um sólido ideal!
Um certo nexo e o certo ritmo
de uma clássica orquestra musical...
***
Era preciso o orvalho e a manhã;
o tecer de um sonho e a vida.
Converter a tua fé pagã
num hino de métrica medida.
***
E tu serias a aurora boreal
ou talvez um sol nascente...
Tu terias o eco divinal
de um doce e profético poente!

Anna

2 comentários:

La delirante disse...

Beautiful Anna! The diagram and the poem have made me think of a wonderful book by Umberto Eco: "Foucault's Pendulum" Hihglhy recommended.

Bipede Implume disse...

Que posso dizer? Não sou crítica literária, portanto falo-te da minha emoção ao ler este teu poema que achei belo e límpido.
Bom fim de semana.