Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Apocalipse Sonhado


Giorgio Vasari, Fundação de Florença, 1565
O Homem procurou então
o último estádio
de si próprio...
Há quantos anos?
Há quantos milénios?
- Olha, Meu Amor, nós...
Olha!
Nós queremos ser
o Homem!
Ana

2 comentários:

ADRIANO NUNES disse...

Ana,

Lindo! Sempre procuramos por ser o homem... mera semelhança de quê?



Beijo imenso!
Adriano Nunes.

Bipede Implume disse...

Olá amiga
Por aqui também se tirita de frio.
Ainda se tivesse, nem que fosse, uns míseros flocos de neve. Mas não.
Grande questão essa de se ser Homem tão bem exposta neste teu poema.
Beijinhos, bom trabalho e cuidado com o frio.
Isabel