Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

«Chassez le naturel, il revient au galop»

Wassily Kandinsky

Tu, Deixa-me encher-te de porquês.
Não finjas estar longe do que vês.
Não serenes quando te dói e te revoltas,
Nem finjas maneiras firmes e desenvoltas!

Máscara! Máscara! Deixa-me retirá-la...
Incógnito senhor que caminhas!
Ai a tua alma, quem pudera libertá-la;
Quem pudera ver-te sem teias mesquinhas!

Porquê, a distância entre o teu querer
E as sombras brumosas do teu ser?
Senhor indefinido, quase te quero,
Quando te vejo à beira do desespero.

Quase te quero se representas de pai,
Homem, que és sombra que se esvai.
Quem me dera um dia conhecer ...
A distância entre o teu ser e o teu dever!

Ana

10 comentários:

Fernando Campanella disse...

Boa noite, querida amiga. Fiquei um tempo sem passar por aqui e encontrei muita coisa bonita. Belas fotos, belo soneto e poemas, gostei muito da postagem sobre a Babilônia (Iraque), um certo prenúncio do apocalipse que nada mais é que a insensatez , a estupidez dos homens. Bjos, lindo blogger, ótimo final de semana pra vc. Muito obrigado pelas visitas, vc é praticamente a única que tem por lá aparecido. Bjos.

Bipede Implume disse...

Querida Aninha
O título deste poema é, no fundo, a súmula dele mesmo.
Sempre belas as tuas imagens.
Bom fim de semana, amiga, cheio de paz e muito amor.
Beijinhos
Isabel

disse...

Li a biografia dela algumas vezes e não encontro nenhum ponto comum... O que é ?
Bj

Georgio Rios disse...

Um mais que navegável poema.

Fiz para tí um poema, está em meu blog, se não te incomodar é claro.

Um grande abraço!

Gerana Damulakis disse...

Outro poema de primeira: 4 quadras bem amarradas. A última cresceu muito e é o ponto alto:
"Quase te quero se representas de pai,
Homem, que és sombra que se esvai.
Quem me dera um dia conhecer ...
A distância entre o teu ser e o teu dever!"
Amei.

Cristina disse...

Muito verdade!!
Bom fim de semana, Ana, com sol et calma.
Beijinhos.

Liliana Marques disse...

muito bonito, gostei muito
beijinhos :)

Sonhadora disse...

Boa noite, querida amiga
belo soneto e poemas, gostei muito
Adorei
Beijinhos

Flor ♥ disse...

Aninha,

Lindos versos... com questões relevantes.

Beijinho.

Braulio Pereira disse...

arte em expressar..

belo poema.

beijo poético..