Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

domingo, 6 de março de 2011

Um poema

Francis Picabia


Num poema canto a alegria e a dor,
A revolta e a ingratidão...
Canto a sede de Justiça e o Amor,
A Humanidade e o meu coração!

Um poema é uma vida, uma alma;
Uma imagem perdida em sonhos;
É a luta, a confusão e a calma
Ou a  clareza de pensares medonhos!


Tudo dá, tudo aceita, sem temer.
 Um poema é o tudo, é a sinfonia!
 Pena que o Tudo só do nada pode nascer;
 Pena que a vida seja apenas este dia.

 Senão, eu encheria de poemas o mundo,
 Os jardins verdes de crianças e o mar!
 Mesmo assim hei-de tirá-los de bem fundo,
 Das nuvens do meu viver e do meu sonhar!

Ana

Francis Picabia



9 comentários:

Vieira Calado disse...

Olá, boa noite!

Dada a quadra,

por hoje

venho apenas desejar-lhe

um bom Carnaval!

Saudações poéticas

margarida disse...

Olá! Desejo-lhe um óptimo Carnaval :)
Bejinhos

Sonhadora disse...

Minha querida

Um belo poema, que grita nas entrelinhas.

Deixo um beijinho carinhoso
Sonhadora

LUNA disse...

Fazer poemas es um arte...
Como Deus näo me presenteou com esse dom, admiro muito as pessoas que sabem expressar seus pensamentos em belas poesias e sonetos.
Gostei muito, querida amiga.
Näo deixe de faze-lo nunca...

Beijinhos

JPD disse...

Acho este poema delicioso, Ana.
Se não te importas eu escolheria o sonho.
Bjs

Juℓi Ribeiro disse...

Ana:

Seu poema é um encanto!

Sempre me emociono com
a tua poesia.
Com muita sensibilidade
e talento colocas no papel
emoção e beleza.
Nos repassando magia,doçura
e encantamento.
Um abraço.

sofia disse...

Gosto! :)

Beijinho*

Bipede Implume disse...

Querida Aninha
Também eu gostaria de saber expressar em poemas todas essas emoções. Não tenho esse dom. Mas admiro quem o faz tão bem como tu.
Espero estar em forma em breve. Ainda tenho os restinhos de tosse e nariz vermelho, mas isto vai. Tens razão, as nossas flores nos aguardam. Já tenho a minhas glicínias com pequenos botões. Que alegria.
Beijinhos e boa semana.
Isabel

ETERNA APAIXONADA disse...

Querida amiga Aninha

Um poema que mais parece uma canção! As notas estão a me enlevar... Lindo! Lindo!
Vim lhe deixar meu carinho pelo dia da mulher. Hoje e sempre!
Beijos
Tem selinho em meus blogues, leve-o, se gostar.