Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

quinta-feira, 14 de março de 2013

Alma olha os céus

Alma telescope



Alma tem os olhos no firmamento...
Contempla na noite serena os claros céus.
Alma não anda pelo lustro envolta em véus
Nem aguarda na profecia o sacramento.
O alquimista é agora imperador...
Sua veste rubra testemunha o poder
Velhos vates ornam-se ao escurecer.
Os poderosos de Roma vestem a sua cor.

Ana

Imperador Nero








12 comentários:

Rogério Pereira disse...

Já ninguém incendeia cidades
Ou despejam bombas
ou lhe roubam as almas

e já não se usam vestes rubras
Os poderosos, estão na moda, vestem as cores que lhes apetece, e nem por isso perdem poder.

Que seja de branco hoje a cor. Amanhã, que seja a que for

Anónimo disse...

Bonito o poema...Alma sabe que o firmamento alentejano é de um azul profundo e flamejante de astros noturnos, sem igual. Pode comprovar. Bj Ana.

São disse...

Como o Poder lhes assenta bem...

Bom final de semana, Anita

Ana Lucia Franco disse...

Que poema forte e bonito, Ana.

beijinho..

Ana Tapadas disse...

Não sei quem és «anónimo», mas deixo-te um beijinho.

O Puma disse...

Porque não lhe é possível
mudar de roupas

que mude de ideias

Bípede Implume disse...

Querida Aninha
Parece que, finalmente, a gripe,ou lá o que era me deixou. Mas o meu olfacto ainda não está 100%.
Estou tão farta, mas tão farta da chuva que nem calculas.
Qualquer dia temos guelras e barbatanas.
Espero que o teu Zé esteja melhor.
Bom fim de semana mas com sol.
Beijinho de muita amizade
Isabel

Lídia Borges disse...


O poder corrompe!...

É uma regra da qual não é fácil encontrar excepções.

Um beijo

Olinda Melo disse...


'Alma' e Alma presentes no teu poema, entrelaçadas com as incertezas do quo vadis, (para onde caminhamos nós?) e os ventos do poder que, conforme os tempos, muda de mãos, mas sempre devastador.

Bjs

Olinda

heretico disse...

os poderosos de Roma deixam tombar a harpa no lajedo...

Spartacus, precisa-se - suspiram os escravos...

beijo

Isa Lisboa disse...

O Rogério Pereira diz e bem que já ninguém incendeia cidades... Mas loucos, ainda os há...

Beijo, Ana, uma boa semana

Isa Lisboa disse...

E como uma espécie de post scriptum: obrigada por ter visitado o "aniversário do meu cantinho"! Beijos