Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

quinta-feira, 8 de maio de 2014

O caos

José Alves, Alentejo


Se sonho?
Enfadonho!
Medonho
Ser tristonho.
Musas?
São medusas
Confusas,
Profusas.
Que faço?
Cansaço!
Vidro baço...
O teu abraço.

Ana



14 comentários:

Eduardo Maria Nunes disse...

O caos em sonhos!
não realizados
lábios risonhos
não enfadados
olhos castanhos
cravos encarnados
rosas vermelhas e brancas
no jardim dos namorados
saudades tantas
viver em liberdade
saúde, paz e alegria
bem estar felicidade
na sua bela poesia
encontrei amizade!

Desejo para você amiga Ana Tapadas,
uma boa noite, um beijo.
Eduardo.

Rogerio G. V. Pereira disse...

"O caos é uma ordem por decifrar"

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Boa conjugação de rima...

:)

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Boa conjugação de rima...

:)

São disse...

Ânimo, minha amiga, coragem!

Nada será baço e até acabará o cansaço, verás!

Abraço com muito carinho, Aninhas

Olinda Melo disse...


Um mundo de significações, este teu "Caos". E eu pego em "Medonho/ser tristonho", e reconheço que a alegria é realmente uma dádiva.

Obrigada pela tua ida ao Xaile. Já me sinto melhor. :)

Bom fim de semana, querida Ana.

Beijinhos

Olinda

Fê blue bird disse...

Um desabafo !

O meu abraço!

beijinho amiga Ana.

Bípede Implume disse...

Querida Aninha
Acredito profundamente que os teus sonhos, muitos deles, ainda estão por realizar.
E, tal como eu e o poeta, digo..."Pelo sonho é que vamos".
Em frente amiga.
Beijinhos e bom fim de semana
Isabel

Andradarte disse...

Um caos....é sempre um caos...
Belo caos..
Bfs
Beijo

Graça Pires disse...

Por que motivo o caos nos atrai? Gostei das rimas repetidas...
Beijo.

© Piedade Araújo Sol disse...

e por vezes é mesmo só um abraço que precisamos.

gostei muito!

:)

© Piedade Araújo Sol disse...

e por vezes é mesmo só um abraço que precisamos.

gostei muito!

:)

© Piedade Araújo Sol disse...

e por vezes é mesmo só um abraço que precisamos.

gostei muito!

:)

heretico disse...

abraços sem reservas...

beijo