Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

sábado, 19 de março de 2016

Mare nostrum


Vladimir Kush, «Descent To The Mediterranean»


É no dealbar, tecidos de luz,
Fiapos de sonho e de luar,
Pacíficos, sabendo amar...
Que construímos o Andaluz.




Ana 

15 comentários:

Edumanes disse...

Vidas perdidas a boiar,
dos olhos, lágrimas caídas
nas ondas, do "nosso mar"!

Boa noite e um bom dia de domingo,
desejo para você, amiga Ana, um beijo.
Eduardo.

CÉU disse...

obrigada, ana.

gosto de te sentir positiva e repleta de boas vibrações.
mare liberum ou nostrum deveria ser sempre o nosso estado de alma, o mar do nosso contentamento, maior k o Mediterrâneo, gostaria, digo-te sinceramente. consegui-lo-íamos se amássemos e nos amássemos mais, enfim, o Imperio, entre aspas, o nosso império interior deve crescer sempre para atingirmos aquilo k chamaste Andaluz.

dia 21, já esta 2 feira, comemora-se o dia mundial da poesia. antecipaste-te ou nem te lembraste desse facto... tenho um poema quase pronto para publicar nesse dia, embora conte com a preciosa ajuda de uma amiga para o escrever no meu blogue.

beijos e bom domingo.


Rogerio G. V. Pereira disse...

sabendo, e que sabor, a_mar...

São disse...

Adoro a bacia do Mediterrâneo , o azul profundo do "Mare Nostrum", a sua História riquissima.

Infelizmente, toda essa beleza está irremediavelmente manchada pela dor e agonia de quem transformou as suas águas tépidas num cemitério de angústias.

Abraço apertado , amiga .

Jaime Portela disse...

Uma excelente quadra.
Na forma e no conteúdo. Gostei imenso.
Bom resto de domingo e boa semana, querida amiga Ana.
Beijo.

Fê blue bird disse...

Seria tão bom que esse mar se purificasse amiga Ana.

Um beijinho e boa semana


mixtu disse...

o andaluz nostrum...
num mare cerrado...
que é nostrum... de sentires...

Graça Pires disse...

Al-Andalus. Talvez as marés repousem ainda na memória das conchas...
Um beijo, Ana

heretico disse...

carregado de beleza e intenção, teu poema.

beijo

Majo disse...

~~~
Brilhante, Poeta!
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

~~~ Beijinhos.

Bípede Implume disse...

Querida Aninha
Hoje estava mesmo a precisar deste calor solar da tua poesia.
Beijinhos

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, mare nostrum é repleto de historia, acompanhado aqui, pela sua bela poesia.
AG

Carmem Grinheiro disse...

Ana,
O "mare nostrum" - de quem será?

bj amg com votos de Páscoa de Paz.

Edumanes disse...

Como voa o passarinho!
sem obstáculos, em liberdade
Santa Páscoa, com amor e carinho
em paz, abraçando a felicidade
seja feliz no seu cantinho!

Alegria vida bela sem drama,
muito feliz, sempre, seja
na companhia de quem mais ama
amiga Ana, onde quer que esteja!

Feliz Páscoa, desejo, um beijo,
Eduardo.

AC disse...

Sobrevoam-nos nuvens negras, o verde tende a esconder-se. Mas, como dizia a tal canção, há sempre alguém que resiste, há sempre alguém que diz não.

Um beijinho :)