Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Por Alcalá de Henares


José Alves, Alcalá de Henares, 2009

Viagem por esta terra quente. Vou repetir os passos que dei, um dia, há largos anos. Por isso, levo uma outra viagem na memória de um tempo tão jovem como uma manhã suave...por isso, peregrino em busca dessa outra criatura que fui, lá atrás, num tempo a que remonto.
Atrás ficou Madrid, ardendo ao sol inclemente deste Agosto. Fogo e ruído, como a História de Castela. Rostos de todos os quadrantes, cosmopolita e imperial, destaque para o castelhano cantado e doce dos sul americanos.





José Alves, Alcalá de Henares, 2009


História de Espanha, o peso da cultura e do sangue. Aqui palpita o seu coração, mais do que na Gran Vía. Andamos entre a gente, também já fizemos parte deste sonho imperial e o «siglo d'ouro» é agora um moinho de vento. Ruas estreitas, sombra, «tapas e cañas», edíficios gloriosos. José repete-se: «Eu gosto de Espanha!». O nosso filho fotografa, fotografa.





José Alves, Alcalá de Henares, 2009

Penso e olho em redor. Prefiro olhar...D. Quixote paira sobre a minha forma de ver o mundo e, assim, me vou perdendo na massa anónima de gente que se refugia deste sol agudo.

3 comentários:

veredit disse...

ich reise in Gedanken und durch Deine Bilder mit Dir ...

Umarmung
Isabella

Sara disse...

Então diga-me lá como é que correu essa viagem? Tem que mostrar as fotografias aos seus alunos quando começarem as aulas!
Beijinhos

EternaApaixonada disse...

Aninha

Hoje venho apreciar suas lindas postagens, com a calma que merecem!
Já puxei a cadeira para aproveitar bem a viagem!
Obrigada por partilhar!
Beijos com toda amizade
Helô