Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Areópagos

12.º D

Falo-vos hoje da ternura. Esta é a profissão certa, mesmo se a mudança desordenada dela nos leva o rumo certo. Precisávamos da serenidade dos areópagos para cativar, aperfeiçoar e lapidar a pedra angular. Vivemos tempos de instabilidade e de confrontos entre o firme e o fluído. 
O professor ajuíza e julga, é duro e inflexível nas suas decisões. O seu caminho segue a recta dinâmica da consciência. Isenta-se e distancia-se, pois assim deverá ser. 
Falo-vos hoje da ternura, porque as pernas trémulas dos meus alunos se dirigiram para a sala de exame nacional. Partem sozinhos, mal sabendo andar, nos corredores que tão bem conhecem. Estou lá para os ver entrar, disfarçando o nervoso miudinho que me entrou no estômago. Quero que tenham sucesso. Se pudesse teria entrado para resolver, eu, o teste. Sempre fui assim, todos o sabem se me conhecem. 
Como puderam, hoje, depois de pautas publicadas e assim trémulos, lembrar-se de mim, meus queridos alunos?


Fui atleta, sim, e vocês descobriram




Talvez eu tenha chegado lá, a esse lugar silencioso, onde a humanidade nos une. Ouso pensá-lo e sinto-me feliz. Foi por momentos desses que há muitos anos, aos dezoito - na vossa precisa idade - me fiz professora. Primeira geração feminina que trabalha fora de casa, na minha família, foi bom sair para vos encontrar. Que o futuro vos abrace e acarinhe nestes tempos inóspitos.


Cuidadosamente
Aqui vos instalo, onde tantas vezes a música acontece. Vocês são, hoje, a melodia que dialoga com a imortalidade e cura os poetas desse excesso de sensibilidade que se acomoda sob o olhar da exigência e do rigor. São árduos os dias, mas deixem-me falar-vos da ternura que, ainda, nos habita - velhos herdeiros da colina de Ares...




Não vos esquecerei. OBRIGADA!


Ana




Post scriptum: desculpem as fotos ao meu telemóvel.

9 comentários:

maria joao moreira disse...

Tens uma das mais nobres profissões de todas!!! E, apesar de não te conhecer, sei que és uma excelente professora, porque hoje falas de ternura e de como ela, na sua versão juvenil, te comove. A mim também. Um beijo e muitos momentos de ternura desta, infantil, ingénua e pura.

sofia disse...

Nós nunca esquecemos quem nos fez tão bem. A professora ensinou-nos a matéria da escola e a ver a vida tal como ela é, a lutar por nós, e a nunca desistir das nossas coisas. Aquelas conversas ensinaram-nos muito. Aquelas batidas na mesa acordaram-nos :)

Principalmente acredita em nós!
Beijinhos

Isa Lisboa disse...

Momentos assim, fazem-nos sentir que as nossas escolhas e a nossa vida têm valido a pena!
Que boa sensação deve ter sido!
Beijos e espero que tenha muitos mais momentos assim!

São disse...

Que post tão belo, tão doce, tão ...

Orgulho-me de termos a mesma profissão.

Bem hajas, Ana, e um apertadooo abraço

Rogério Pereira disse...

Decreto e mando publicar
Que este exemplo que aqui tenho
Ilustre o futuro modelo
de um sistema de avaliação do desempenho...

Olinda Melo disse...

Momentos lindos e ternurentos que me trouxeram lágrimas aos olhos, de pura emoção.
Ser professor é uma profissão tão nobre e dedicada que nunca me canso de me espantar quando certas pessoas procuram denegri-la.

Aqui vemos um exemplo claro do dever cumprido na transmissão de conhecimentos e de valores.

Parabéns, querida Ana.

Beijinhos

Olinda

Bípede Implume disse...

Querida Aninha
Eles valem tudo.
São, no fundo, a expressão de que valeu a pena.
Sinto-me muito feliz por ti.O teu coração, já o adivinhava grande, hoje está do tamanho do Mundo.
Beijinhos
Isabel
PS: Pois modifiquei...com a ajuda preciosa do Platero. Precisava de mudar, de ter mais espaço.
Todos precisamos de mais espaço...há um sufoco muito grande que nos rodeia.
Criei uma pequena ilusão...
Beijinhos amiga.

Nilson Barcelli disse...

Só podes ter merecido tamanha ternura.
O reconhecimento dos alunos deve ser uma das maiores recompensas dos professores.
Ana, minha querida amiga, tem um bom resto de semana.
Beijo.

Fê-blue bird disse...

Amiga, estou sem palavras pois as tuas tocaram-me profundamente.
O cuidado com que escreves e o reconhecimento dos teus alunos, mostra a pessoa linda que és.
Parabéns!

beijinhos