Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Que importa o Calendário?

Wikimédia

É na fragilidade deste lugar que havemos de viver. Não sei se teremos vagos momentos de felicidade, mas o principio da incerteza acompanhará os nossos passos. Heisenberg equacionará, ainda, o correr dos dias...todavia, que importa? Estaremos aqui, realidade aparente, pequenos seres perenes de grandes sonhos. Recomeçaremos as vezes necessárias. Faremos voos rasantes até ao limite do horizonte.
O Amanhã é a Promessa.
Assim será, meus amigos.

Ana


25 comentários:

Edumanes disse...

Não sei mas acontece!...
assim será como escreveu
tudo o que antes nasceu
também depois desaparece?

Tenha uma boa noite amiga Ana, continuação de boas festas, um abraço.
Eduardo,

Rogerio G. V. Pereira disse...

O Amanhã é a Promessa?
Pois que seja
Luto por isso
Mas a quem cobro se houver falta prometido?

Reforcemos este lugar
Não temos outro

Majo disse...

~~~
Que seja um ano veramente auspicioso

para nós e para toda a humanidade...

~~~ Beijinhos, Ana. ~~~~~~~~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Gostei :)

Desejo-lhe Boas festas e que possa ser um Ano Novo,não no calendário, mas dentro das nossas vidas.


Com um beijinho amigo,

Daniel (Lobinho)

Duartenovale disse...

Parece que sim... amanhã acontece.

Abraço do Vale ( Boas Festas :) )

AC disse...

É isso mesmo, Ana. Por mais que a besta tente tingir de escuro o horizonte, é necessário desfraldar a bandeira da esperança, dar alimento ao cultivar os sonhos...

Um beijinho :)

Fê blue bird disse...

Amiga Ana, conta comigo para esse voo !

Desejo-te o mesmo que desejo para mim, que mantenhamos a coragem.

Um grande beijinho e até 2016!

CÉU disse...

Amanhã, será melhor, querida Ana! Bem, mas se o que tu escreves ainda for melhor, amanhã, ... não sei, não sei...!

RISONHO ANO NOVO, SOBRETUDO COM SAÚDE.

Beijos.

CÉU disse...

Que importa o calendário, Ana? Então, ele marca, indica-nos o tempo e este "tirano" não para, não volta atrás, seja qual for a situação!
Que horror! Deixar o verão da vida, e esperar, placidamente, sem nada se poder fazer, pelo outono da mesma. Quero eu lá saber da sabedoria que a idade traz, dos anciãos que sabem isto e mais aquilo, não quero saber nada, ou quero saber "bué da pouco" (acho k ouves esta linguagem every day), resumindo, k é coisa que eu não sei fazer, quero ser teenager, teenager "incon(s)ciente, pronto!

Beijinhos e "liga" aos meus desabafos!

Andradarte disse...

O futuro desenha-se negro....,mas espero
que 'besta' seja derrotada...Será...sim...
A convicção não é muita.
Isso não impede que deseje um grande 2016,
a si e todos os que a rodeiam...
Beijo grande

Graça Pires disse...

É isso, Ana, nasceremos quantas vezes for preciso, aqui, neste lugar frágil e incerto...
Um ano novo cheio de tudo o que desejas.
Um beijo.

Cristina Sousa disse...

Olá, passando para desejar um Feliz Ano Novo.
Beijo

Maria Luisa Adães disse...

O mundo está numa mudança constante
Nós mudamos com o mundo
e ficamos mais sós
sem saber que dizer ou que fazer.

O calendário deixou de contar
a passagem do tempo deixou de contar
os amigos se perderam...
não voltam mais

Os muros tornaram a nascer
os povos fogem sem saber

Falamos e não entendemos o que falamos
como podemos estar vivos
num lugar onde tudo morreu

Resta a amizade?

Não, não resta nada
de sentimentos meus
ou dos outros

Mas gosto de escrever!

E aproveito para dizer a banalidade de sempre,
ANO NOVO FELIZ!


Maria Luísa

São disse...

Minha amiga, voemos!

Abraço com votos de feliz 2016 e bom resto de 2015!

Olinda Melo disse...


Assim será e assim seja.
Muito obrigada, querida Ana, pelas tuas palavras
plenas da filosofia que acompanha a vida.
Sem ela, sem os sonhos tudo seria estéril.

Desejo-te um Ano Novo abençoado.

Beijinhos
Olinda

Mar Arável disse...

Tudo pelo melhor

Com um brilho nos olhos

Bj

Jaime Portela disse...

Excelente texto. Subscrevo as tuas palavras.
Ana, gostei imenso de conviver contigo durante o ano que agora acaba.
Minha querida amiga, desejo-te um FELIZ ANO NOVO, tal como à tua família e aos que te são mais queridos.
Beijo.

mixtu disse...

pequenos seres... de amor...

Bípede Implume disse...

Querida Aninha
Sinto-me tão bem nesta prosa-poesia, tão forte e tão romântica.
É isso mesmo! Vamos mesmo voar, sinto que sim, vamos voar.
Pelo menos enquanto tivermos coração-sabedoria como o teu...voaremos de certeza.
Desejo muito amigo de um bom ano, muita saúde e alegria.
Beijinhos.

Magia da Inês disse...



Feliz 2016!!!
Cheiinho de tudo de bom! ♩♫ه° ·.
❤ه° ·.

heretico disse...

somos corpúsculo luminoso
e somos onda...

e capricho dos deuses
que continuam a jogar aos dados sobre nossas cabeças...

BOM ANO

beijo

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, não sei se o amanhã existe, prefiro voar numa luta com esperança constante afim que possamos respirar justiça e dignidade para todos.
AG

Bípede Implume disse...

Querida Aninha
E já estamos em 2016.
Tudo de bom para ti.
Beijinhos

Isa Lisboa disse...

O Amanhã sempre sempre Promessa, e o Hoje Vida! ;)
Feliz 2016, um beijinho!

Fê blue bird disse...

Amiga Ana está tudo bem contigo e com os teus ?

Um beijinho preocupado pela tua ausência.