Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

domingo, 24 de novembro de 2019

Sul Sereno

José Alves, 2019


Estranha é a vida. Dá voltas, diz o povo. O povo sabe. Desse saber feito de séculos, de tentativas e de respostas.
Vem isto a propósito de ter tido um blogue de cujo título muito gostava. Depois, como aqui digo...eliminei-o.



1. Porque é que criou um blogue e, quando o criou, tinha expectativas de que fosse popular?


Criei este blogue por um motivo muito prosaico: trabalho. Dito assim até aborrece, mas foi a verdade.
Em 2007 criei um blogue experimental intitulado Sul Sereno e de tudo só gostava do título. Nesse tempo eram os alvores do Plano Nacional de Leitura e eu tive necessidade de divulgar em blogue o PNL da minha Escola. Assim, arranjei um blogue - experiência. Eliminei o Sul Sereno
 quando senti que dominava razoavelmente as funcionalidades do Blogger. Mas tinham nascido alguns amigos e para mim a AMIZADE é o mais importante dos afectos humanos. Acabei por abrir o blogue, como não pude recuperar o título ...nasceu RARA AVIS.
Nunca quis ser popular. Sou uma criatura felina e recatada. Há quem me diga que sou viciada em trabalho e que sou um pouco autoritária. Estereótipos...
Preciso, até, de algum isolamento para me centrar e organizar. Mais de duas cores juntas ferem-me o olhar. Palavras a mais são verborreia. Há demasiado ruído e pouca acção.
Escrevo, mas não sou escritora - menos, ainda, poetisa. Precisei chegar a meio século de vida para ter coragem de expor algum pensamento intimista.
O meu tempo é tão escasso que com grande dificuldade visito e comento os amigos.
Penso por palavras, gosto de palavras. Com elas construímos laços.
O bom dos blogues é que nem sequer precisamos dos rostos para conhecermos o Outro.







Agora, tenho tido um aborrecimento interior, ao verificar que esse domínio se tornou malicioso na sua «cache» e que «Rara Avis» se banalizou numa cadeia de vestuário de noivados...isso mesmo! Já para não falar noutras acepções.

Assim, resta-me o compromisso de alterar o título do blogue sem modificar o domínio digital.

Aos meus @migos as minhas desculpas.

Então...«Sul Sereno» seja!

                     Bem Hajam!

13 comentários:

Edumanes disse...

De cá voltar não prescindo,
se para o fazer tenho tempo
contente, bem, eu, me sinto
por visitar o "Sul Sereno"!

Boa noite e bons sonhos amiga Ana. Beijinhos.

Rogério G.V. Pereira disse...

Sul Sereno?
Que seja
não o sendo

E que seja Suão
se for vento
E que seja raiva
se sem pão

E que não seja rafeiro
da matilha do patrão

como diria
Antunes da Silva

Boa escrita, querida amiga

Graça Pires disse...

Gosto do nome "Sul sereno".
Uma boa semana.
Um beijo.

Mar Arável disse...

Cá estarei estimada amiga

silvioafonso disse...

Meu Deus, onde vim me meter...
Aqui trocam versos, fazem rimas
enquanto eu, bobo, fico sorrindo
aplaudindo.
Ana, minha poeta. Beijos.

Mariazita disse...

Olá, Ana
Gosto muito do nome, talvez porque amo SERENIDADE.
As pessoas serenas (e tudo o que é sereno) transmitem uma paz, uma calma, um bem estar com que me sinto muito bem.
Tenho a certeza de que vou gostar de continuar a vir cá...

Feliz Terça-feira e uma boa semana.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Jaime Portela disse...

Rara Avis in Sul Sereno... onde o povo também é sereno, como diria Pinheiro de Azevedo.
Mas as tuas palavras não são fumaça...
A coincidência de haver uma outra "rara avis" para vestidos de casamento é muito engraçada. Se calhar a tua marca é anterior à dos vestidos. Por que não lhes moves um processo...? Devia ter piada...
Eu também acho que não é preciso conhecer o rosto para conhecer o outro. As palavras dão-nos um retrato muito melhor e o rosto só produz interferências na análise.
Ana, tem um bom resto de semana.
Beijo.

Sam Seaborn disse...

Por momentos pensei tratar-se de outra coisa...

A minha experiência neste mundo dos blogues não seria claramente a mesma sem o teu Rara Avis e sem o teu limite de duas cores (sorrisos)

Das palavras às imagens selecionadas, este blogue sempre primou pelo bom gosto, pela serenidade transmitida, pela humanidade e por todas as demais características que fazem de ti alguém muito especial.

Beijinhos

Manuel Veiga disse...

Sul Sereno. gosto!
tem música dentro.

beijo

Manuel Veiga disse...

Sul Sereno. gosto!
tem música dentro.

beijo

AC disse...

Uma Avis Rara num Sereno Sul...
Gosto da ideia.

Um beijinho :)

AC disse...

Uma Avis Rara num Sereno Sul...
Delicioso o que se desenha, o que se insinua. Gosto.

Um beijinho

CÉU disse...

Li, com atenção, tudo o que escreveste.
O título "Sul Sereno" fica bem em ti e em quem te lê.
Beijos e bom resto de semana.