Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

segunda-feira, 28 de junho de 2010

mega agrupamentos de escolas

G. - P. Seurat


O poder é efémero, a hipocrisia constante.



8 comentários:

Antoniatenea disse...

Querida Ana, esta vez no te he entendido.Y me gustaría hacerlo^Porque el comentario debe llevar mucho escondido.
Besos!!

Ana Tapadas disse...

Já ouviste falar na corte que rodeia o rei? Já, pois vives numa monarquia...eu não, felizmente!
Sempre que se fazem mudanças ou que se suspeita delas...a corte desloca-se também, receosa de perder benesses.
Assisto a mais um momento desses no Ministério da Educação e não resisti a um desabafo depois de um dia de 40º graus...
Beijo, minha amiga

Sofia Carvalho disse...

Excelente Ana! beijinhos querida e boa semana;)

Denise disse...

lamentavel é perceber.que ate agente vai ficando doente disso.

afagos de saudades

Andradarte disse...

O pior, é que é efémero em dado
momento, mas logo continuado....
pois só mudam as moscas.....
Beijo Ana

Gerana Damulakis disse...

Pelo menos o poder é efêmero... já é um consolo.

JPD disse...

Há uns anos atrás tentaram-se os agrupamentos das esquadras de polícia.

Agora, a «reprise» na educação.

O que parece preponderar é uma ideia de um certo economicismo, como se o ensino não fosse estratégico e fundamental para o futuro das gerações de alunos.

Nas funções de soberania do Estado parece haver cada vez maiores recuos.

Bjs

Papagaio disse...

Eles anden'aí...

Campo Maior já foi, quem se lhe segue?

Será que ninguém, lá no Olimpo da 5 de Outubro vê o que está a fazer?

Depois de uma Ministra fascista, uma que mais parece uma marioneta!