Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

DIA QUATRO

Al - Andalus




                                                  







http://pt.wikipedia.org/wiki/Al-Andalus
http://www.libreria-mundoarabe.com/Boletines/n%BA68%20Feb.09/AndalusiesMudejaresMoriscos.htm

AL -ANDALUS

 Oito séculos de civilização a que pertencemos. Oito séculos que comungamos, ibéricos como nós.
Os meus olhos claros? A minha pele descorada? 
Ana, como se chamou sempre a neta mais velha na minha família e se continua a chamar a neta mais velha da nova geração... não sabias?
Que sabes do Al - Andalus?  
Pensas que tudo começou no norte de África...terás que olhar um pouco mais além este Al - Andalus germinado, talvez, na Pérsia  e embrião do Renascimento.

três culturas

 José ouve-me. É culto, tolerante, mas nasceu no extremo norte...

- Traz-me uns «pescaítos» fritos, por favor.

Ana

7 comentários:

LUNA disse...

Un súper-post, cheio de historia, de cultura e de realismo...
Hoje, que somos xenófogos con muitos côres de pele, com muitos sotaques extrangeiros, näo devemos esqueçer que oito séculos, 800 anos säo umas 10 geraçöes... todos levamos "sangre mora" (sangüe árabe) en nossas veias.....


Além disso, a cultura que deixarom nestas terras, ainda hoje está a nossos olhos, maravilhas, verdadeiras obras de ingenheria e de arte.

Por aquele tempo, o resto do mundo estava ainda na barbarie e na incultura....

Obrigado, querida amiga,,,,,
Os peixinhos (pescaítos) con manzanilla.....(vinho local)
Bom viagem e bôas férias.

AFRICA EM POESIA disse...

Ana Tapadas

obrigada pelo teu carinho e por teres gostado dos meus patinhos

um beijinho para ti

Andradarte disse...

Pedido a um insigne viajante???
Beijo

Gerana Damulakis disse...

Aqui estou aprendendo.

Sofia Carvalho disse...

Estou aprender umas coisas contigo, Ana! beijinhos querida!

nydia bonetti disse...

Belíssimo post, Ana. Parece que ouço ainda meu velho avô dizendo: "há sangue mouro correndo em nossas veias - nunca se esqueçam". Vindo da Toscana, não há como negar... Boa viagem! bjo.

Maria Luisa Adães disse...

Ana

E fiquei aprendendo muita coisas.

Tenho o gosto pela análise humana,
em especial (muito complexa) e pelo
antigo de civilizações.

Parece que temos coisas em comum.

Não encontrei os seguidores, mas vou ver melhor.

Obrigada por a encontrar.

Mª. Luísa