Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

sábado, 21 de março de 2015

Como felino...

Alto Alentejo, José Alves

Lá fora a primavera assoma tímida. Pequenas alvas flores cobrem a planície, dir-se-ia que a neve desceu afoita, mas uma leve brisa vinda do Norte levanta um doce aroma e sabemos, então, que o branco manto é tecido na ternura de dias ainda por vir. 
Deambulamos por aqui, horizonte largo e céu apocalíptico. Tempo necessário à trovoada que não chega. Como felino, lince que se esgueira entre giestas, sei que não virá. 
Esta não era a Primavera prometida. A chuva há três meses não fecunda este chão. Os tempos são austeros. Não me lembro de dias assim. Um faz-de-conta apoderou-se dos homens que correm sem rumo, numa pressa infinda e desesperada que não posso comungar. O meu é o horizonte estendido que se abre, lento e decidido, no caminho da esperança renovada.


Ana

12 comentários:

CÉU disse...

Hoje, comemora-se o Dia Mundial da Poesia, mas poderia ser da prosa, e tu, Ana, estarias lá, no pódio.

Gosto da forma livre e bonita como escreves. Tens a visão e a beleza da planície e peneplanície que te rodeiam.

Até as primaveras nos desiludem. Não há direito!

Beijos e bom domingo!

Rogerio G. V. Pereira disse...

"ternura de dias ainda por vir"

felina

Ana Tapadas disse...

Já tenho uma amiga que assim me chama, Rogério...rsrsr
bj

olharbiju disse...

Olá ,boa noite.
Bela imagem do Alentejo. Zona do país que eu muito gosto. O Norte é diferente destas vastidões de terra de perder de vista.
Gostei.
Beijinho
Alice

São disse...

Estamos em tempos escuros, nos quais nada nos consola ...nem a Primavera recém-chegada, amiga.

Abraço fraterno

Bípede Implume disse...

Querida Aninha
Primavera é renovação.
Gostaria que essa renovação se verificasse naquilo que aos cidadãos diz respeito.
Mas uma renovação completa.
Estou só à espera de mais sol para ir até ao teu Alentejo.
Beijinhos e boa semana.

Majo disse...

~
~ Um cenário vasto e belíssimo, descrito com exímia criatividade e perícia.

~ ~ Aconteça o que acontecer, a Primavera acontece... Vivamo-la!
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, belo Alentejo sempre lindo mesmo sem as flores da primavera, elas vão chegar à bela Amareleja que na minha opinião é onde a primavera é a mais linda.
AG

Edumanes disse...

A ver vamos, oxalá que sim,
neste mundo em que vivemos
pelo menos sejamos felizes assim
pelo que não fizemos, não paguemos!

Viva Portugal, viva o nosso Alentejo!

Desperta primavera,
não estejas envergonhada
para o sol fazer florir a erva
chega o verão daqui a nada!

Desejo para você amiga Ana, uma boa tarde de primavera, ainda, muito chocha! Um beijo.

Mar Arável disse...

Que despontem os cravos

Fernando Santos (Chana) disse...

Bela poesia...Espectacular....
Cumprimentos

silvioafonso disse...

.

Eu sempre estou por aqui,
mas sabe que não me canso?

Beijos,







,