Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

sexta-feira, 13 de março de 2015

Mandamentos

Jacques-Louis David, A morte de Sócrates


        Não questiones, que te oferecem cicuta.





Pirâmides no Sudão, Álvaro Figueiredo



Não acredites em lugares comuns, olha as pirâmides do Sudão.


Deus Atum - Egipto




Olha o Deus Atum, nas ruínas da Humanidade anterior.



Arte etrusca, Itália



Não te apresses, que a nova Era medieval assoma no horizonte.



Sudão, Álvaro Figueiredo



                                     Cómodos silêncios se instalam.



(Existem mais de duzentas pirâmides no Sudão.)


15 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Incómodos gritos se levantam

Bípede Implume disse...

Querida Aninha
Sábias palavras. Silêncios incómodos e terrivelmente barulhentos.
Uma paz podre...em suma.
Beijinhos e bom fim de semana.

Majo disse...

~
~ ~ Soberba apresentação gráfica
~ e literária!

~ ~ Grandioso o que nos mandou,
~ mas não fiquemos silenciosos,
~ mesmo em presença da cicuta.

~ ~ ~ Dias aprazíveis. ~ ~ ~
~~~~~~~~~~~~~

Anónimo disse...

Senhora ana, acredito no que vejo e isto é primeiro, adescida do espírito à materia, ponto dois, a europa em ruinas. Que sejamos capazes de aprender com tanto desvio é o ponto seguinte. Porque a questão é sobre pressão... Na normalidade tudo normal mas sob pressão?

Edumanes disse...

Que te oferecem cicuta.
executa, não destrói
em silêncio com atenção escuta
para ouvir o ruido da dor
a quem a destruição dói
de quem por nada sente amor!

Boa noite e bom fim de semana, amiga Ana, um beijo,
Eduardo.

Jorge disse...

Impressionantes e sábios Mandamentos.
O silêncio é sempre inquietante e ominoso. Não nos deixemos iludir pela cicuta...
O meu abraço amigo,
Jorge

Vieira Calado disse...

Que preciosas fotografias e frases nos traz hoje, amiga!
Saudações poéticas!

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Prescrevo estes mandamentos!
Obrigado pela visita, espero-a mais vezes.

Kandandu
Namibiano

Isa Lisboa disse...

Na realidade, os silêncios - esses de que fala - nunca são cómodos, só o aparentam...!

Uma boa semana, abraço!

Fê blue bird disse...

Amiga Ana, um post soberbo!

A escolha das imagens, a mensagem e a reflexão. Parabéns!
Boa semana
beijinho

Olinda Melo disse...


Silêncios quanto ao que realmente interessa, enquanto se discutem "faits-divers".

Um excelente post, querida Ana.

Bjs

Olinda

© Piedade Araújo Sol disse...

silêncios por vezes incomodam...

beijo

:)

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, o silencio tem os dois lados, o necessário e o inquietante, sua partilha faz-me pensar, é magnifica.
AG

heretico disse...

frágeis que são os Tempos!...

beleza e lucidez. aqui - sempre!

beijo

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Belo post!

beijo amigo