Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

domingo, 11 de outubro de 2015

Medos

Rembrandt, 1959 (pormenor)

Que te dizem os olhares dos homens?
Nervuras de sofrimento ainda afagam
A face sulcada onde o olhar detens...
No limbo dos medos que te pagam!

Ana


19 comentários:

CÉU disse...

"Os olhos são as janelas da alma", alguém escreveu ou disse, e é bem verdade. Neles vemos todos os sentimentos.
Boa semana. Beijos.

Rogerio G. V. Pereira disse...

Todos os medos são necessários
menos o medo da vida

Majo disse...

~~~
~ Tempos incertos e de desassossego...

~ Um poema perfeito e muito pertinente.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

~~~~~ Excelente semana. Beijinhos.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

© Piedade Araújo Sol disse...

medos, todos temos e às vezes são só nossos...

:(

Edumanes disse...

esses medos ainda serão?
Vindos do Estado Novo
em vigor nesta Nação
impostos contra o povo!

Tenha uma boa tarde amiga Ana, um abraço,
Eduardo,

Ana Pereira disse...

As linhas do rosto trazem em si os sofrimentos da vida, as marcas de uma luta. É isso que fica cravado no rosto e o olhar retém.
Um abraço, Ana

São disse...

Medos, toda a gente tem ...coragem, é superá-los

Grande abraço amigo, Aninhas

O Puma disse...

Medos insofridos?

heretico disse...

por vezes, não é o medo que inibe
é a falta de coragem de nos enfrentarmos... a nós próprios.

beijo

Miguel disse...

Olá, Ana
Fizeste-me lembrar um velho ditado - O mal e o bem à cara vem.
Assim é, de facto. E onde esse "sentires" mais se reflectem é exactamente nos olhos.
Por isso mesmo também se diz - Os olhos não mentem.
Medos... quem os não tem? Saber superá-los, enfrentando-os, é a grande vitória.

Um óptimo fim de semana, com todos os medos controlados :)

Um beijo
MIGUEL / ÉS A MINHA DEUSA

Graça Pires disse...

O medo. O rosto sulcado que guarda o olhar. Cada ruga é um caminho onde a angústia se detém...
Um beijo.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, em cada olhar esconde-se um outro olhar, de receios, infelicidade ou de felicidade.
AG

Fê blue bird disse...

Os olhares dos homens além dos medos vejo desistência.

Um beijinho amiga Ana

. intemporal . disse...

.

.

. simplificar é urgente . para sofrer menos ou não sofrer .

.

. um beijo.meu .

.

.

Jaime Portela disse...

O medo não é nada bom...
Belas palavras, gostei imenso, como sempre.
Ana, minha querida amiga, tem um bom domingo e uma boa semana.
Um abraço.

AC disse...

Profundo, belo, cirúrgico...

Uma boa semana, Ana :)

Magia da Inês disse...



O perigo nos ronda por isso o medo é instrumento de sobrevivência junto com a coragem de superar os obstáculos que estão dentro ou fora de nós.

Boa semana, cheia de alegrias.
Beijinhos.
✿˚° ·.

Isa Lisboa disse...

sim, os nossos olhares escondem muitos medos...!

Olinda Melo disse...


Medos...
Trazemo-los da infância da vida.
Acompanham-nos, reforçamo-los ou enfranquecemo-los
com a nossa postura perante as dificuldades.
Vencê-los...uma luta contínua.

Querida Ana, gosto muito da tua escrita. Aliás,
já to tenho dito. :)

Bj
Olinda