Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

quarta-feira, 16 de julho de 2008

Árvores do Alentejo - Florbela ESPANCA

Florbela ESPANCA, 1894-1930,
Vila Viçosa, Alentejo
http://pt.wikipedia.org/wiki/Vila_Vi%C3%A7osa
Horas mortas... curvadas aos pés do Monte
A planície é um brasido... e, torturadas,
As árvores sangrentas, revoltadas,
Gritam a Deus a bênção duma fonte!
*
E quando, manhã alta, o sol postonte
A oiro a giesta, a arder, pelas estradas,
Esfíngicas, recortam desgrenhadas
Os trágicos perfis no horizonte!
*
Árvores! Corações, almas que choram,
Almas iguais à minha, almas que imploram
Em vão remédio para tanta mágoa!
*
Árvores! Não choreis! Olhai e vede:
-Também ando a gritar, morta de sede,
Pedindo a Deus a minha gota de água!
Florbela Espanca
(Como não citar Florbela Espanca, sob estes 40 graus, do meu querido verão alentejano?)

7 comentários:

Bipede Implume disse...

Ando com muitas saudades do Alentejo mas 40º...fazem-me pensar mais um bocadinho.
De facto, que outra senão a Florbela para nos falar desse calor tórrido, mas que uma fresca casa alentejana mitiga.
Beijinhos.

Anamika:The Sugarcrafter disse...

Hi anna
the ethos are evoking.

Juℓi Ribeiro disse...

Anna:

Adorei as imagens e Florbela
sempre me encanta...
Te visitar é sempre muito agradável e enriquecedor.
Um abraço.

EternaApaixonada disse...

Anna,
Adorei!
Nossa amada Florbela, imagens lindas acompanhando... Muito bom!
E aí o verão a dar inveja... risos
Beijos e ótimas caminhadas com o maridão!

EternaApaixonada disse...

Pensei ter conseguido deixar cá meu comentário...
Pelo visto o note está a brincar comigo... risos
Mas adorei, Anna!
Muito bom tudo sobre Florbela! E o Alentejo é um lugar de sonhos!!!
Boas caminhadas para vocês!!!
Aproveite o verão!!!
Beijos

EternaApaixonada disse...

Estou a delirar??? Aqui não temos 40 graus (ainda)... hehehehe
O comentário está cá sim!!!
Mas vale em dobro cada palavra deixada, com muito gosto!
Beijos

Graça Pimentel disse...

A grande Florbela que veio morrer na terra que eu adoptei como minha.

beijo