Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

És brisa suave!


V. C. Larsson, 1907


São fáceis de encontrar, os meus amigos,
vejo-os nesses lugares marítimos,
a tardia floração dos olhos,
o difícil comércio das palavras,
o corpo do verão sobre os joelhos.

Eugénio de Andrade, Matéria Solar, 17


Fonte: abaixaki.ig



http://comcalma.blogspot.com/

Recebi este selo de um Bípede Implume maravilhoso que tem a exacta medida escolhida pelos velhos filósofos gregos para definir o ser humano!
Obrigada!

Ana

2 comentários:

Flor ♥ disse...

O mestre Eugenio sempre tem algo a dizer com grande alma!

Bjs, Ana!

Bipede Implume disse...

Um deslumbramento estas flores e as palavras de uma amiga que agradeço de coração aberto.
Beijinhos e...boa jardinagem.