Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

quinta-feira, 13 de junho de 2013

A comédia dos enganos


Adriano Renzi

Não, não me refiro ao título da famosa obra de W. Shakespeare...este é um post encriptado na realidade da Europa e do nosso país. A ficção não supera, hoje, os dias que vivemos. Eu, pobre escrava assisto à [...].

BUC

Desculpem, meus amigos, mas quem me conhece sabe que tenho o enorme defeito da memória....






10 comentários:

São disse...

Amiga, estou em transe: Crato veio da UDP para o CDS?!

Sabes que Passos admitiu em dois anos 4463 criaturas? Algumas são Especialistas de vinte e poucos anos , sendo que uma transitou directamente da Universidade para o Governo!

Beijinhos, Anita

Ana Tapadas disse...

Por mim, São, pode ter as opções ideológicas que entender...não pode é fingir tanto...

Fernando Santos (Chana) disse...

“A liberdade de eleição permite que você escolha o molho com o qual será devorado.”
~Eduardo Galeano

Cumprimentos

Fê blue bird disse...

Amiga Ana se não te importas mudo o título para a
" A tragédia dos enganos"
nem sei mais que comentar :(


beijinho

Petrus Monte Real disse...

Ana,

como podemos acreditar
em políticos desta envergadura
que já nem se preocupam com as aparências?
O descaramento saiu à rua...
É triste que assim seja: já só se apela às regras e métodos democráricos nas campanhas eleitorais; uma vez eleitos, rasgam o compromisso que resulta dum sério acto eleitoral.
Trata-se de um mal que, anteriormente se notava mais nas chamadas eleições gerais de nível nacional; as autárquicas ainda iam escapando, mas, agora, até estas se mostram contagiadas.

Triste espectáculo!
Valham-nos os bons exemplos que vêm do exterior, como por exemplo o do primeiro-ministro italiano, Enrico Letta, que pediu desculpa a todos os compatriotas que se vêem forçados a emigrar.
Seria legítimo esperar uma atitude idêntica por parte dum certo Dignatário Luso, mas, infelizmente, não é provável: apenas é bom aluno noutra arte!

Comédia?! Creio que já nem essa qualificação assenta bem, porque já não nos faz rir...

Bjs

Maria Luisa Adães disse...

Triste o espetáculo que se me depara em Portugal.

A mentira predomina e as leis já se não cumprem. Não sabia que era possível e aceitável, mentir desta maneira.

Que faz um povo assim tratado?

E nada mais tenho a dizer!

Maria luísa

Jorge disse...

UDP - Um Dia Pagam-mas. Que queria Nuno Crato dizer com isto? Enganou-se?
A linguagem política é falsa e significa o contrário do que se quer dizer...
Um abraço e uma boa semana.
J

JP disse...

Sabes uma coisa Ana....se os números que oiço são verdadeiros, sinto-me frustrado e repensarei....

É uma autêntica tragédia dos enganos ou ou uma tragédia apenas?


Beijo

Fa menor disse...

Realmente, temos comédias a mais, a desfilar em grandes palcos.
Que não virem em tragédias!

Beijinhos

Fa menor disse...

Realmente, temos comédias a mais, a desfilar em grandes palcos.
Que não virem em tragédias!

Beijinhos