Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

sábado, 8 de novembro de 2008

Resiliência

Odilon REDON, Orpheus, 1903

« A luz é o fogo ávido por cima da vela.

Ao consumi-la, ela consome-se a si própria.»

Leonardo da VINCI, 1452 - 1519

2 comentários:

Dédalus disse...

No sólo es elocuente el juego de palabras de la luz y la vela; también lo es la bella imagen que has elegido para ilustrar tus letras.

Besos, Ana. Desde Laredo, junto al mar.

EternaApaixonada disse...

*****

Minha querida amiga Alentejana, Ana

Vim lhe deixar um abraço amigo e, lhe dizer que a recíproca e muito verdadeira! Uma alegria enorme ser sua amiga!

Bela metáfora para resiliência, com uma imagem forte e linda! Ótimo post!

Aproveito para repassar o convite que recebi, para nova blogagem coletiva.

A homenagem será para comemorar em 08 de Dezembro o aniversário de Florbela Espanca!

O selo com o link do blog da Serena Flor, está nos meus blogs.

Que tal aderir? Tenho certeza da resposta... risos

Ótima noite, doces sonhos!
Uma semana de ouro!

Beijos da Helô

*****