Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

«...e ainda ficarei depois de ter partido», Diderot

Salamanca (Wikimedia)


Viagem
É o vento que me leva.
O vento lusitano.
É este sopro humano
Universal
Que enfuna a inquietação de Portugal.



Saragoça (Wikimedia)


É esta fúria de loucura mansa
Que tudo alcança
Sem alcançar.



Barcelona (Wikimedia)

Que vai de céu em céu,
De mar em mar,
Até nunca chegar.



Barcelona, (Wikimedia)


E esta tentação de me encontrar
Mais rico de amargura
Nas pausas da ventura
De me procurar...

Miguel Torga, Diário XII

Até Breve, amigos!


12 comentários:

LUNA disse...

Antes de vir a morar em Madrid faz 6 meses, morei dos anos e meio en Salamanca.
Ciudade bonita, con duas Universidades, duas catesdrais, Un Rio, O Rio Tormes, e un ponte sobre o Rio, que está na foto da noite, que é do século I-

Con una praça porticada, uma das mais belas da España.
Cidade de estudantes de todo o mundo e de uma beleza singular.

O edificio moderno é da cidade de Barcelona, e a outra foto é Del Bairroo Gótico de Barcelona também, luegar ideal para ir devagarinho, sem poder baixar a cabeça para no deixar de ver edificios maravillosos...

Bom passeio... belo viajem.
Muitos beijinhos.

Sonhadora disse...

Minha querida
Bom fim de semana e um beijinho.
Sonhadora

Sam Seaborn disse...

Um “até muito breve” espero… e que belo poema nos ofereces…

Bipede Implume disse...

Querida Aninha
Aguardo já com expectativa o que nos vais contar das tuas viagens e também as fotografias.
Que corra tudo bem.
Beijinhos.
Isabel

Fernando Campanella disse...

Tudo integrado, o Torga, com o belíssimo poema, Diderot, as fotos, a viagem, e tua alma, Ana. Linda postagem.
Muita sensibilidade.
Bjos.

rita disse...

Há pessoas com sorte, só viajar e descobrir ;D
Beijinhos

Vieira Calado disse...

Pois o Torga,

que sugeri para Prémio Nobel,
em 62,

quando eu escrevia no jornal
"A Nossa Terra", de Cascais,
é (era) de facto, um grande poeta,

COM UM GRANDE AMOR À PÁTRIA!

Saudações.

CECILE PETROVISK disse...

Ana,

Lindo poema! Grata!


Beijos,
Cecile.

Gerana Damulakis disse...

Fico com um rotorno de lembranças quando entro aqui ultimamente. Aquela ponte de Saragoça, quantas vezes estive nela!!!

Nilson Barcelli disse...

Foste de férias...?
Deixaste um magnífico poema, muito bem ilustrado pelas fotos.
Querida amiga, que tudo corra bem.
Beijos.

Flor ♥ disse...

Que lindo, Aninha... Torga é fascinante!

Até breve!

Bjs.

Salomé disse...

Os alunos tambem deviam ter ido querida professora.
Quando for a nossa viagem de finalistas a professora vai connosco!