Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

sábado, 16 de novembro de 2013

Ontem

B.Braddell

A tua presença,
imagem sem cor,
é como a sentença
da vida e do Amor!
Olha o horizonte!
O rio sorrindo,
beijando a ponte,
amores carpindo
ao cume do monte.

Ana

17 comentários:

Jorge disse...

Olá Ana,
Uma bucólica mensagem de amor...
Abrs
J

Rogerio G. V. Pereira disse...

A cor da imagem sem cor, com rios beijando pontes.

Bonito, isto!

JP disse...

"É como a sentença da vida e do amor"...bonito Ana, muito bonito.

Beijinho

Mar Arável disse...

Para lá do olhar

Bj

. intemporal . disse...

.

.

. a sensação de déjà vu . na construção de um poema .

.

. _____________ . muito bonito . :) .

.

. um beijo meu .

.

.

Andradarte disse...

Com pouco se diz muito....
É preciso...é saber....
Boa semana
Beijo

São disse...

Gostei muitooooooo

Beijinhos . Aninhas

Nilson Barcelli disse...

O cume do monte é um sítio bom para carpir...
Gostei muito do teu poema.
Ana, tem uma boa semana.
Um beijo, minha querida amiga.

Zilani Célia disse...

OI ANA!
ONTEM... PASSOU...
OLHAR PARA A FRENTE SEMPRE.
BELA MENSAGEM.
ABRÇS
http://aviagem1.blogspot.com.br/

Zilani Célia disse...

ANA!
ACHO QUE AO COMENTAR, ANTERIORMENTE, COLEI, SEM QUERER, UM LINK ERRADO, PEÇO QUE ME DESCULPES E EXCLUA MEU COMENTÁRIO. GRATA.
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Fê blue bird disse...

Saudade, é a palavra que me surge ao ler este teu poema.
Nem sei explicar porquê.

beijinho amiga Ana




Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema de amor...Espectacular....
Cumprimentos

Bípede Implume disse...

Querida Aninha
Tudo lindo, imagem e a lírica intensa.
Beijinhos
Isabel

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

...porque sim, é sempre preciso continuar a acreditar...

beijo amigo

AC disse...

É tão bom lê-la, Ana!

Beijo :)

Luma Rosa disse...

Oi, Ana!!
O sentimento existe, tão claro como o próprio dia e as coisas do cotidiano.
Beijus,

Bípede Implume disse...

Querida Aninha
Beijinho e bom fim de semana
Isabel