Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

sexta-feira, 20 de março de 2009

Segue o teu Destino



Olimpo - Grécia (Wikimedia)


Segue o teu destino,
Rega as tuas plantas,
Ama as tuas rosas.
O resto é a sombra
De árvores alheias.
*
A realidade
Sempre é mais ou menos
Do que queremos.
Só nós somos sempre
Iguais a nós próprios.
*
Suave é viver só.
Grande e nobre é sempre
Viver simplesmente.
Deixa a dor nas aras
Como ex - voto aos deuses.
*
Vê de longe a vida.
Nunca a interrogues.
Ela nada pode
Dizer - te. A resposta
Está além dos deuses.
*
Mas serenamente
Imita o Olimpo
No teu coração.
Os deuses são deuses
Porque não pensam.

Ricardo Reis




7 comentários:

Bipede Implume disse...

Querida Ana
O apelo da primavera também se sente aqui. Adoro rosas brancas.
Ricardo dos Reis também ele deve estar no Olimpo.
Um excelente fim de semana, amiga.
Beijinhos.

Flor ♥ disse...

Ana, Fernando Pessoa sempre é uma escolha perfeita a nos falar da realidade...

Deixo-te meu carinho!

Juℓi Ribeiro disse...

Querida amiga Ana:

Seu bom gosto e sensibilidade
sempre se destacam...
As imagens são belíssimas!
Este poema é maravilhoso!
Sua visita deixa o meu blog
mais bonito.
Beijos azuis e fraternos.

duarte disse...

pois são...
e na terra hà olimpos , onde gente vazia imita deuses...
abraço do vale

Janaina Amado disse...

"Os deus são deuses porque não pensam." Lindo! Um abração para você neste início de primavera aí (início de outono, aqui), e um ótimo final de semana.

Vieira Calado disse...

Rosa brancas para comemorar a Primavera.

E Ricardo Reis para enfeitar a alma!


Beijinhoss

La Delirante disse...

Hi Anna,

What a nice poem to start the day :)

It is so true that "Grande e nobre é sempre
Viver simplesmente"

Sometimes we just complicate things when they are in reality so simple :)