Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Por Évora...


Évora - 2012


«Vagueei longo tempo através das ruas, facetadas de branco, pelo puro gosto de me sentir sozinho, sem ideias, anulado de silêncio. Uma cidade fantástica erguia-se imaginada, numa geometria árida de superfícies lisas, com faixas de sombra e luz estiradas dos candeeiros às esquinas, com filas de janelas altas e cerradas, túneis de arcarias desertas, flechas de torres, de chaminés à altura dos astros, ângulos negros de ruas - imóvel espectro de uma civilização perdida...»

Vergílio FERREIRA, Aparição



10 comentários:

Jorge disse...

Belo texto Vergílio Ferreira, ilustrado por duas magníficas fotos, em que através do arco em ogiva divisa-se um bonito espaço urbano e a do templo de Diana, um ex-libris de Èvora.
Calcorrear e fotografar maravilhas de Évora é um dos meus anseios.
Um abraço,
J

Rogério Pereira disse...

Belezas, de texto e de imagens, à parte, não sei que escreveria ele sobre a cidade, hoje, com a instalação dos novos senhores imperiais... e não sei se esta é essa Évora

São disse...

Boas fotos, a primeira com um interessante ângulo que me não ocorreu quando visitei essa igreja de S. Francisco.

O texto de Ferreira ajusta-se à realidade da cidade-

Um abraço, Ana

Andradarte disse...

Infelizmente...conheço Évora no
tempo em que chegávamos e íamos correr
para visitar a capela dos ossos....
Isso era Évora.....podíamos vir embora.....????
Beijo

MARU disse...

Näo sei dizer que me impressionou mais, se a poesía ou as fotos...Maravilla!!! já sei dónde tenho que ir nêsse Portugal que tanto amo e que näo conheço totalmente...
Évora..Un sonho...
Beijinhos querida Ana.

Bipede Implume disse...

Querida Aninha
Belas fotos. ´
E da cada vez que a visitamos há sempre um nicho, uma rua que ainda não conhecemos.
O que eu notei desta vez, foi ouvir muitos estudantes brasileiros à volta da Universidade. Muita juventude. Gostei.
Bom fim de semana,amiga.
beijinhos
Isabel

Nilson Barcelli disse...

A cidade é muito bonita e os olhos do Virgílio Ferreira dã-lhe um tom de fantástico.
Ana, minha querida amiga, tem um bom domingo e uma boa semana.
Um beijo.

Maria Luisa Adães disse...

Bom texto de Virgilio Ferreira.

e Évora, Património da Humanidade.

Abraço,

Mª. Luísa

Margarida disse...

Évora é uma cidade encantada, como muitas outras por esse Portugal fora. Outras que não conhecemos ou que não olhamos realmente.

Beijinhos

sofia disse...

Espero um dia também andar por essas ruas. :)

beijinhos