Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Yannis & Gorkem Saoulis

Tessaloniki

Ontem arrefeceu, subitamente. O anfiteatro ficou quase vazio. Pergunto-me, intimamente, por onde andarão os meus conterrâneos. Por vezes, uma irrealidade assola esta localidade: todos imitam todos. 

Gostaria de tecer fímbrias de  adjectivos e de palavras inusitadas, mas a realidade impõe-se, atípica e sombria, nestes dias de Verão. Partiram todos de férias, viajam como se fora a última coisa que pudessem fazer...

Recordo tempos assim, «années folles» entre duas guerras, e percebo a construção destas realidades em fuga, em busca de mundos oníricos.
Os dias pesam como chumbo, as noites são longas e fantasmagóricas. Ouvem-se raposas que gritam do outro lado do rio e o lodo cresceu com os calores do Estio. 
Aqui, uma voz da Macedónia grega ecoa e dialoga perene com a tradição turca. Gorkem Saoulis leva-me na fuga. Também eu, afinal, me escapo deste lugar abandonado.  
Irmanemo-nos, meus irmão do Sul, que a harpa soa serena e o kanum taksim é o arfar dos destemidos!

Ana

7 comentários:

Margarida disse...

Essa terra cada vez mais deserta já tem pouco para nos oferecer...
Só vi o seu comentário agora. Sim, já estou de férias, mas continuo por Lisboa.
Consigo está tudo bem?

Beijinhos

Mar Arável disse...


Um dia seremos de novo crianças
nas águas do nosso rio

O Puma disse...

Só não vence quem não luta

Andradarte disse...

Adorei a escrita...Assim dá gosto...
Beijo

Bípede Implume disse...

Querida Aninha
Também vou de férias. Por uns dias e a uns escassos 42 quilómetros de Lisboa.
Vou para o sol, mar e ar limpo, principalmente isso.
Também dou férias ao computador.
Gosto sempre muito dos teus textos.
Até breve.
Beijinhos
Isabel

São disse...

Faço meu esse teu apelo, amiga, que o Sul , o magnífico Sul, se una!


Bons sonhos, Aninhas

Fernando Santos (Chana) disse...

A luta pela verdade deve ter precedência sobre todas as outras.
~Albert Einstein
Cumprimentos