Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

sábado, 8 de agosto de 2015

(A) Deus, querida professora

5 comentários:

Graça Pires disse...

Ana Hatherly: mais uma grande perda para a nossa cultura. Uma Mulher que merecia a nossa admiração.
Um beijo, Ana.

© Piedade Araújo Sol disse...

também fiquei triste com a sua partida...

:(

DE-PROPOSITO disse...

Estive por aqui.
E, desejo felicidades.

MANUEL

Majo disse...

~~~
~ Meritória homenagem a uma portuguesa notável.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

~~~ Abraço amigo. ~~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Olinda Melo disse...


Olá, querida Ana

Apreciei a tua homenagem a Ana H. e segui o convite acedendo aos posts anteriores, que lhe são dedicados.Ainda não há muito tempo publiquei um poema seu. Gostei de a conhecer um pouco mais através das tuas palavras.

Muito obrigada pela tua preocupação. A ausência de que falei, lá no Xaile, deve-se a algumas obrigações familiares.

Beijinhos

Olinda