Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Movimento Natureza - Prefiro Rosas, meu Amor, à pátria



Vista do espaço - Apollo 17



Tal como o prometido, cá estou eu a refazer este post...Boa noite, meus amigos!
Moro neste lugar há cerca de uma dezena de anos. Urbanização nova, construída sobre um local onde só havia depósitos de materiais de construção...
Sou um desses seres que conhece os dias pelo aroma. No meu Alentejo existem quatro estações exuberantes e um clima que vai do frio inverno, com geadas agrestes, ao quente e seco verão, com temperaturas que sobem aos quarenta graus.
Criar, aqui, um pequeno jardim é promover um microclima ameno e suave...trabalho duro e persistente, que me atrai e descontrai.
As minhas árvores cresceram. Não sei os nomes correctos de algumas, mas que importa? Companhias silenciosas, apontam o claro firmamento destes dias.


As minhas rosas brancas têm espinhos poderosos, são como os meus longos dias de trabalho, presa às cadeias de tantos afazeres intelectuais e burocráticos...
Hoje plantei uma buganvília... adoro esta planta, evoca o sul e um mediterrâneo onde gosto de mergulhar a imaginação.
«Pedaços de paraíso», os nossos jardins são beleza, tranquilidade e uma colorida luta contra os malefícios da vida urbana.
E...porque o nosso planeta, velha Gaia, precisa de nós e é precioso demais, aqui vos deixo com Fernando Pessoa:


fotos do meu jardim...
Prefiro rosas, meu amor, à pátria,
E antes magnólias amo
Que a glória e a virtude.

Logo que a vida me não canse, deixo
Que a vida por mim passe
Logo que eu fique o mesmo.

Que importa àquele a quem já nada importa
Que um perca e outro vença,
Se a aurora raia sempre,

Se cada ano com a Primavera
As folhas aparecem
E com o Outono cessam?
E o resto, as outras coisas que os humanos
Acrescentam à vida,
Que me aumentam na alma?

Nada, salvo o desejo de indiferença
E a confiança mole
Na hora fugitiva.

Fernando Pessoa



13 comentários:

Georgia disse...

Oi, sinto dizer, mas o projeto nao era para se escrever uma poesia apesar de bela. Mas era para fazer mesmo algo concreto. Conscientizar um grupo de pessoas falando sobre o projeto, ou plantar uma árvore. O Movimento teria que ser uma acao.

Mas obrigada pelo apoio, pela linda poesia.

Um abraco

Ana Tapadas disse...

Logo refaço o post...com as minhas acções, no meu jardim. Na realidade não entendi bem e peço desculpa!
Bj

Georgia disse...

Sem problemas, Ana.

Um grande beijo e obrigada

Su disse...

"Se cada ano com a Primavera
As folhas aparecem
E com o Outono cessam?
E o resto, as outras coisas que os humanos
Acrescentam à vida,
Que me aumentam na alma?"
(Fernando Pessoa)

Palavras lindas e encantadoras!!!
Linda rosa!!! Ain, saudade da minha infância quando morávamos numa casa que tinha quintal e minha mãe cultivava rosas lindas!!!!

parabéns!!!

€ster disse...

Ana,

Sua ação concreta não apareceu, mas sua ação poética faz ecos em corações como o meu..

gostei de conhecer seu blog!


bjs,

comboio turbulento disse...

O que achas do projecto das novas escolas do 1º CEb e infantário de Ponte de Sor? :)

Sara disse...

Parece que optámos pela mesma coisa, nem de propósito!
É lindo, como Fernando Pessoa sempre nos habituou. Não há excepção à regra!
Beijinhos

Mírian Mondon disse...

Olá Ana,
Estou maravilhada com seu jardim!
que espetáculo! Um jardim assim é um atestado de amor a natureza.
Parabens!

Abraços e voltarei para melhor conhecer seu blog!

Flor ♥ disse...

Aninha,

Sua ação poética é um bálsamo para nossa vida... afinal, com Pessoa e esse jardim, Gaia agradece! ( e eu também )

Beijos

Georgia disse...

Ana, que lindo jardim esse seu. Conheco bem o poder dos espinhos das rosas, rs, tenho umas trepadeiras brancas por aqui.

Os buganvilles, nao vingam na Alemanha, mesmo colocanso-os dentro de casa no inverno nunca consegui mantê-los, acho que é mesmo muito frio. Sou louca por eles.

Obrigada pelo carinho e por abrir o seu jardim para nós.

Um grande beijo

Vieira Calado disse...

Fernando Pessoa no seu melhor.

Ou melhor... certamente o seu jardim de rosas e buganvília.

Beijinhos

Beth/Lilás disse...

Prezada Ana!
Obrigada por agtender ao chamado meu e da Georgia à este Movimento Natureza.
Teu jardim é belo, assim como a poesia de F.Pessoa.
E uma buganvillia é sempre linda e florida, pelo menos aqui no Brasil. Espero que lhes traga muitas alegrias com suas flores.
um abraço carioca

Movimento Natureza disse...

Ana,
Passando para avisar que seu post foi publicado no Blog Movimento Natureza.
Obrigada!
bjs cariocas