Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

terça-feira, 28 de abril de 2009

"Va Francesco, e ripara la mia casa che, come vedi, va in rovina"


Giotto di Bondone
, Francisco renunciando aos bens


Agora temos um santo guerreiro. Todos se apressaram no discurso laudatório. Invocou-se Camões, falou-se da casa de Bragança. O presidente da República, pouco hábil em discursos históricos, preferiu dar de exemplo D. Nuno às forças armadas...
Não discuto a História, muito menos julgo o homem - Nuno Álvares Pereira - um provável alentejano, nascido aqui no Crato e o segundo Conde de Arraiolos. Não faltam páginas sobre o homem, nem na Internet nem na História do meu país...
Ficaria por aqui o assunto de santos se uma velha prece, em italiano, não teimasse em vir-me à memória, junta com um belo quadro de Giotto, esse génio pintor e arquitecto, que assim parece ilustrar aquelas palavras que trouxe de Assisi, da belíssima Umbria, num dia de chuva miudinha em pleno Agosto.Tu e eu de mochilas às costas, carregando o peso dos sonhos nas nossas duas décadas de vida.
E, hoje, aquelas palavras do santo - poeta ainda dançam dentro de mim e vestem um qualquer ideal de comunhão com a natureza, um qualquer anseio de humildade voluntária e justa:
«O alto e glorioso Dio,
illumina le tenebre
del cuore mio.
Dammi una fede retta,
speranza certa,
carità perfetta
e umiltà profonda.
Dammi, Signore,
senno e discernimento
per compiere la tua vera
e santa volontà. »

Francesco d'Assisi

7 comentários:

Bipede Implume disse...

Era mesmo deste "olhar" que eu estava a precisar.
S.Francisco de Assis era mais do que um santo, era um sábio.
Não segui com muita atenção esse fenómeno. Confesso que não o compreendo ou pior, não compreendo porquê, agora.
Beijnhos amiga e boa semana.
Isabel

Sara disse...

Já o outro disse que ele fez birra. Não quero saber disso, o Vaticano é um lixo e o desgraçado não passa a ser mais nem menos por agora ser santo. "Tenho dito".
Beijinhos

Maria Faia disse...

Boa noite Ana,
Antes de mais quero expressar o meu agradecimento pela visita e palavras deixadas no Querubim Peregrino.
Depois, dizer da oportunidade do tema que nos trouxe à colacção, a beatificação de Nuno Álvares Pereira.
Sabia que o único "milagre" que esteve na base do processo terá ocorrido com uma sengora ainda vivaque, oportunamente, por ter assente a sua mão na estátua do Nuno Álvares foi curada de uma pretensa maleita ocular que os médicos não sabiam curar?
Tudo foi oportuno mas nada cientificamente comprovado. Diz-se... e basta para ser santo.
Apesar de católica, reconheço que estes processos em nada abonam a favor da Igreja Católica mas... vê quem quer e esclarece quem sabe.
Do poema retiro a mensagem, para mim fundamental:
" Dammi una fede retta,
speranza certa,
carità perfetta
e umiltà profonda.".

Um abraço amigo,
Maria Faia

Flor ♥ disse...

Aninha,

Santas palavras de Santo de Assis... que só podiam vir de um coração doce como o dele...

Beijos, querida!

Xavier Narval disse...

Hola Ana!!

Gracias por pensar en la situación que vivimos ;) esperemos esto no se complique mas, aunque se que ha habido casos confirmados en España, no he tenido conocimiento todavia de ninguno en Portugal, ojala siga asi, espero que esto se resuelva y termine lo mas pronto posible, lo que mas cansa es no poder seguir nuestras actividades diarias... aunque creo que ahora si voy a poder leer mas y ya no tengo pretexto para no actualizar mi blog...

Besos
Ciao!

Bipede Implume disse...

Amiga
Vou aproveitar o fim de semana longo para descansar e também pôr o "jardim" em ordem.
Sei que estás na fase de formiguinha (muito trabalho e pouco tempo) mas mesmo assim bom fim de semana.
Beijinhos e dias cheios de sol.

Flor ♥ disse...

Aninha,

passando por aqui neste feriado prá te deixar um beijinho...
.
.
.