Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

sábado, 1 de outubro de 2011

O pajem

Madeira, José Alves





O pajem
Segura a veste do senhor
O pajem
Aperta a mão de cada estupor
O pajem
Caminha sem indecisos
Pela arrogância
Anestesia com sorrisos
A ignorância
Pobre
O pajem se esquece
Pobre
Não é nobre nem esmorece

Serve tão só o seu senhor
O pajem na ilha - flor


Ana




11 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida

Um poema que fala nas entrelinhas.
Deixo um beijinho com carinho
Rosa

Fê-blue bird disse...

Na Wikipédia um pajem é:

"Há indícios de que os pajens eram utilizados por exércitos como espiões do terreno e dos exércitos inimigos."

Está tudo dito!

beijinhos minha amiga

Eva Gonçalves disse...

Gostei dessa foto... E os versos dizem o resto... Beijo e boa semana!

JPD disse...

Boa noite, Ana

Estou a regressar com a periodicidade habitual: narrativa à Quarta e apontamentos mais assíduos na «Espuma dos Dias».

Gostei muito do teu poema.
Para ser sincero, já tinha saudades da comunidade.
(As paragens são salutares.)

Beijinho

Andradarte disse...

O Pagem....fazendo papel de Bobo da Corte........
Beijo

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Ana, gostei da foto e do poema...Espectacular....
Cumprimentos

Bipede Implume disse...

Querida Aninha
Se não fosse tão sério o assunto tinha escancarado o riso.(O tal gene minhoto a fazer das suas).
Mas vivemos tempos soturnos, desgraçados. Nem rir nos é permitido.
Mas, como sempre, perfeito.
Beijinhos
Isabel

Nilson Barcelli disse...

Belo poema.
Brilhante, como sempre.
Beijos, querida amiga.

São disse...

Gostei do poema e tamb+em da foto. Até porque aprecio muito este tipo de enquadramento.

Uma boa semana.

Flor ♥ disse...

Saudades daqui...

Tem muita coisa boa e bonita para colocar a leitura em dia. Parabéns por tão sensível poema.

Beijinho, com carinho!

Olinda Melo disse...

Querida Ana

Admiradora sua eu sou; venho aqui beber da fonte da sensibilidade e da arte de bem escrever.

Este seu poema diz tudo...Saibamos nós ler e compreender.

Beijos

Olinda

P.S.Tenho andado um pouco perdida nesta blogosfera, não conseguindo postar comentários. Enfim, acho que há mais gente com estes problemas...