Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Fugas


São Pedro de Moel, José Alves

Em redor mãos criminosas atearam sobreiros seculares. Inóspito o Verão crepita. O ar seco do suão leva doença e cinza. Desespero demorado instala-se no coração de cada homem. Agónicas, as mulheres calam a amargura. Um estado de alerta incomoda e revolta. Sirenes serpenteiam pela cidade. A cidade nunca foi bela e, assim, vestida por este anel de fogo tortura e aprisiona. Trágico é o lugar  onde o perigo espreita.


José Alves

Talvez queiram queimar as ideias revoltosas destes homens e mulheres. Talvez queiram o espectáculo dantesco que purifica e faz ressurgir um cosmos por nomear. Talvez o calor perturbe as ideias de algum forasteiro que ousou cruzar estes matos...

São Pedro de Moel, José Alves

Quero fugir contigo para o lugar da juventude. No Verão tinha frio à chegada. Lá, o meu corpo escaldado recusava-se ao mergulho. Lá, os nossos ideais germinavam de uma manhã doce e pura. O orvalho em pleno Agosto era, para mim, uma novidade. Tudo era ainda colorido e novo. 
Quero fugir.



São Pedro de Moel, José Alves


Ana

5 comentários:

Isa Lisboa disse...

Depois das cinzas tristes, o colorido voltará, ainda que demore. Mas a dor que se vive e o medo que fica, não deviam nunca acontecer...

Beijos

Luma Rosa disse...

Renascer das cinzas e encontrar "o lugar", um regaço, um remanso... Por que é mais fácil recomeçar do zero do que consertar aquilo que destruído está. Boa semana! Beijus,

Bípede Implume disse...

Querida Aninha
Todos os anos é a mesma coisa. Repete-se até à dor o espectáculo violento dum incêndio a varrer as nossas árvores, as casas os sonhos de muitos.
Por vezes dá mesmo vontade de sair daqui.
Boa semana e beijinhos
Isabel

Nilson Barcelli disse...

Há incendiários por todo o lado.
Belas palavras, gostei imenso, como sempre.
Ana, tem uma boa semana.
Beijo.

Fa menor disse...

Essas imagens ecoaram na minha memória... bons momentos passados que evoquei...

como pode alguém ousar fazer mal a esta Natureza?!


Bjinhs