Rara Avis in Terris, JUVENAL, Sátiras, VI, 165

domingo, 8 de abril de 2018

Regressões

Jackson Pollock

Da beleza...







Resultado de imagem para brasil


Da Justiça...








Show s ria
www.acritica.com


Da Paz...







Resultado de imagem para guerra mundial 1
I.ª Guerra Mundial

Da Memória!






quinta-feira, 29 de março de 2018

O peso da água


Monforte, Alto Alentejo


Foram as águas
Alagaram o rumor quieto da planura
Foram as águas
Cresceram na pureza e na bravura
Foram as águas
Madre quieta na dureza e na alvura

Purificaram o coração dos homens
Lavaram o caos e levaram o terror
Foram as águas


Ana


quinta-feira, 22 de março de 2018

Poema para Sophia...






Anos volvidos, volto a ter Eugénio de Andrade perante os meus alunos. 
É tão bom ensinar aquilo que nos apaixona!





sábado, 17 de março de 2018

Indivíduos


Vladimir Kush, «Divine Geometry»

Chove.
O trabalho intenso afasta os mundos virtuais. Os dias absorvem a energia disponível. De perto, os ecos de guerras inundam os rios distantes e os mares próximos. Chove e ouço uma entrevista de Almhed Al-Tayed e olho o Sidur a que, às vezes, regresso...criaturas como eu são feitas de fragmentos.
Chove.
Soube que morreram amigos; a minha querida Janaína Amado chora o seu amor Luiz...crianças encurraladas são moeda de troca; a corrupção alastra; rios de superficialidade inundam os humanos... o caos parece instalar-se.
Chove.
Os dias correm exaustos e pequenos. 

Ana


sábado, 24 de fevereiro de 2018

Algares

Palácio do Cadaval


Algares
Chovem nos dias
Claros
Incólumes
Luz sem mácula

Extasias
Inverno ou inferno
Raros
Lugares
De incertas alegrias

Claros
Chovem dos dias
Secos
Azedumes
Na luz sem mácula

Alentejo
Sem chuva nos dias
Claros
Secos
De incerto arpejos

Ana